Você sabe como ajudar seus filhos nas tarefas escolares?

Estamos ainda vivendo momentos de resguardo e de distanciamento social. E, claro, essa realidade abarca também o universo educacional. Diante da permanência das rotinas de atividades não presenciais de sala de aula, o volume de atividades para serem feitas em casa e o tempo empreendido pelas crianças na sua realização permanecem grandes. Mas, independente do atual cenário contextual, a presença e o apoio dos pais na realização das tarefas escolares das crianças são de muita valia para o desenvolvimento intelectual, relacional e afetivo dos pequenos. Entretanto, você sabe quais são os limites dessa presença? Até onde os pais podem ajudar os filhos? Para você desempenhar essa missão com mais tranquilidade, preparamos este material especial. Confira!

 

Incorpore as tarefas na rotina da criança

A primeira e mais importante orientação é mostrar para a criança que, independente do fato de ela gostar ou não de fazer a lição de casa, trata-se de uma atividade necessária, assim como tomar banho, escovar os dentes, arrumar o espaço dos brinquedos. Se essa atividade estiver encaixada no dia a dia da criança em um horário previamente ajustado, ainda melhor. Assim cria-se o senso de compromisso e a criança absorve com mais naturalidade a ideia de que ela precisa dedicar um pedaço do seu tempo para as atividades que a escola propõe.

 

Crie um espaço sem distrações para a realização das atividades

Se a casa tiver espaço, procure criar um ambiente mais calmo, distante de estímulos exteriores de barulho e de grande movimento. Um espaço que favoreça a concentração na realização das tarefas escolares não deve ter equipamentos eletrônicos – como rádio e TV – ligados durante esse tempo.

 

Ajude na seleção das informações de pesquisa

Uma das principais habilidades contemporâneas é a de saber selecionar e processar as múltiplas e diversas fontes às quais temos acesso, graças ao desenvolvimento da tecnologia. Diante disso, as atividades de pesquisa devem ser orientadas no sentido de checar, conferir e confrontar as informações.

 

Tenha uma caixa com jornais e revistas

Ainda hoje são comuns as atividades de produção artística e de desenvolvimento de linguagens que utilizam o conteúdo de jornais e revistas na sua confecção. Quem não se lembra das tarefas de “recorte e cole”? Pois elas continuam aí, ajudando no desenvolvimento cognitivo e na motora das crianças. Então tenha uma caixa com exemplares já lidos de jornais e revistas que possam ser recortados pelas crianças.

 

Seja paciente

A paciência é uma virtude sempre bem vinda, especialmente na hora de orientar as crianças na realização das tarefas escolares. Se, no ambiente de sala de aula, a criança tem o suporte dos professores para explicar, em casa os adultos podem colaborar. Por mais cansativo de pareça, o suporte da presença e da atenção vale mais do que a ânsia de querer realizar a tarefa com rapidez apenas para se livrar dela. Reações ríspidas ou manifestações de falta de atenção podem desestimular e trazer medo às crianças.   

 

Evite barganhas e recompensas

Infelizmente, diante do cenário de estímulos consumistas que nos cerca, muitas famílias buscam associar o bom desempenho escolar a recompensas materiais – como presentes ou viagens de lazer. Ainda que haja uma estimulação inicial, essa prática pode induzir a criança a se esforçar apenas por conta desse resultado material final, jogando fora toda a valorização do desenvolvimento que está presente na realização das atividades.

 

Mantenha o diálogo aberto com a escola

A escola vai poder trabalhar com muito mais competência eventuais lacunas na construção de competências e habilidades se a família trouxer um retrato de como a criança se comporta na realização das atividades e, especialmente, quais dificuldades ela apresenta. Por isso, manter a comunicação frequente com a equipe pedagógica da escola é sempre muito positivo. Aqui na Maple Bear estamos sempre prontos para ouvir os pais e acompanhar o desenvolvimento das nossas crianças.

 

Gostou dessas orientações? Compartilhe com seus amigos e familiares e não deixe de nos seguir nas redes sociais.

@maplebearvinhedo

@maplebearvalinhos

Compartilhe!
Maple Bear Vinhedo e Valinhos © 2019